Sorriso, 03 de Setembro de 2015

 


Notícia

Sorriso: 300 famílias sem-terra afirmam que vão resistir a despejo

quinta-feira, 21 de junho de 2012 09:19:05

Imagem Arquivo.

Imagem Arquivo.

Cerca de 300 famílias camponesas, sendo a maioria do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), vão resistir a um despejo previsto para acontecer a qualquer momento entre hoje e amanhã, dias 21 e 22 de junho, na fazenda Santa Rosa I, no distrito de Boa Esperança, município de Sorriso, interior de Mato Grosso, região da soja.

A área em questão é extremamente violenta, há registro de pistolagem.
O despejo foi autorizado pela Justiça de Sorriso no dia 22 de maio deste ano, mas ainda não teria sido executado por falta de policiais. O Governo do Estado, porém, mandou reforço policial, para a retirada dos sem-terra de lá.
“Pode acontecer o pior”, lamenta Marciano da Silva, da coordenação estadual do MST.

Esse assentamento, que originalmente não foi reivindicação do MST, atendeu a 300 famílias sem-terra, de fora do Movimento. Dessas 300, conforme o MST, devido à pistolagem, só 27 permaneceram na área, as outras saíram fugidas. Na região, essas 27 famílias são chamadas de “os bravos” que resistiram à bala.

O MST foi convidado a dar um apoio à luta dessas famílias que resistiram e hoje os 300 lotes estão novamente ocupados inclusive por famílias do MST.
O assentamento é fruto de um acordo entre o proprietário da fazenda e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Acontece que o proprietário voltou atrás e não quer mais vender a terra.

“Já faz mais de 15 anos que essas famílias estão lá e já criaram cultura no local. Vamos resistir”, reafirma Marciano.

Rádio Sorriso com Assessoria

 

Comentários

Prof. Agnnaldo comentou em 21-06-2012 às 15:57

È muito importante que o INCRA se manifeste não são 15 dias são mais de 15 naos. Com a concretização da 242 e da ferronorte muitos tem interesse.... A a justiça neste caso ficou céga para os que precisam da terra. Lutem pelos seus direitos

NILO DE ITAÚBA comentou em 21-06-2012 às 15:26

IMAGINE ESSAS 300 FAMILIAS TRANCANDO A BR 163, QUE NEM POUCOS DIAS ATRAZ, VAI A POLICIA TIRA-LOS DE LÁ OU VÃO DEIXAR TRANCANDO A BR. O DIREITO DE IR E VIR.

jose v comentou em 21-06-2012 às 11:43

gosto da verdade um ser humano que vive 14 anos em cima de uma terra que nao e sua nao pagando nada por isto e nao comprou pelo menos uma casa fora da area em que mora e muita tranquilidade vamos se interresar mais pelo futuro.

 

Notícias mais lidas

 

Cotações de Sorriso em 27/08/2015: Soja Balcão: R$ 58,50 (disponível: R$ 61,50) | Milho: R$ 14,00 | Arroz: R$ 40,00 | Algodão Pluma: R$ 70,00 | Caroço do Algodão: R$ 430,00 (a ton.) | Fonte: Sindicato Rural de Sorriso.