11/10/2017 14:21

Quantidade de visualizações: 120

Tâmara Figueiredo


Diante de diversos questionamentos feitos em relação ao baixo efetivo da Policia Judiciária Civil no município de Sorriso, tanto de policiais como de escrivães e delegados, sendo que atualmente apenas o delegado André Ribeiro responde pela delegacia.

Também reforçando que há uma mobilização por parte da sociedade civil organizada para a construção de uma nova delegacia e cobrança de instalação da Delegacia da Mulher, diante disso também há necessidade de mais profissionais.

A Rádio Sorriso buscou informações junto à diretoria da Policia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso sobre a previsão de novos concursos públicos, remanejamento ou contratação de mais policiais, delegados e escrivães. Sendo que ultimamente muitos policiais e delegados têm sido transferidos daqui para outros municípios.

Confira a Nota da PJC-MT:

“O município de Sorriso assim como outros municípios tem prioridade da Polícia Judiciária Civil, que vem concentrando esforços para dotar as unidades do efetivo necessário, objetivando atender as demandas da segurança pública das localidades.

A Diretoria Geral e sua Diretoria Adjunta do Interior estão promovendo estudos nas regiões para realizar novos remanejamentos de policiais, a fim de atender as delegacias que necessitam de fortalecimento nas investigações policiais.

Em Sorriso, o efetivo atual da Delegacia de Polícia Civil é de 22 investigadores, 5 escrivães e 2 delegados, estando um licenciado no momento. Dos cinco investigadores transferidos foram repostos três.

Com relação a Delegacia de Sorriso, há sim tratativas em andamento para melhorar a estrutura da unidade, até mesmo mudança de prédio. Mas tudo depende de parcerias local, devido a questão orçamentária do Estado.

Já para instalação da Delegacia da Mulher no município é necessário haver incremento no efetivo da PJC, com novos delegados, escrivães e investigadores, para que seja instalada uma nova unidade da cidade.

Por fim, acrescentamos que o Governo do Estado já autorizou a realização de concurso público para os cargos de investigador e escrivão de polícia, condicionado a melhoria orçamentária do Estado. O concurso para delegado de polícia já está em andamento, sendo as provas escrita e dissertativa realizadas no dia 8 de outubro”.

Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso

Assessoria de Comunicação Social/PJC