16/05/2018 14:15

Quantidade de visualizações: 478

Pablo Rodrigo, repórter do Gazeta Digital



O desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Juvenal Pereira da Silva, acaba de negar a liminar protocolada pela Procuradoria da Assembleia Legislativa, que visava garantir que os deputados estaduais votassem a derrubada ou manutenção da prisão preventiva do deputado estadual Mauro Savi (DEM), preso desde quarta-feira (9) durante a segunda fase da Operação Bereré, denominada "Bônus".


O magistrado refutou as alegações do procurador Legislativo Grhegory Maia,que questionava a decisão do desembargador José Zuquim Nogueira que impede que o Legislativo possa analisar a prisão imposta contra Savi.