Sorriso FM 99,1

11/02/2019 17:57
Lida 645 vezes.

Fernando Luiz com assessoria

Segundo o Ministério da Justiça, a ação foi motivada por uma série de queixas de consumidores entre 2014 e 2015, que alegam problemas na fatura do cartão

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, instaurou processo administrativo contra a Caixa Econômica Federal por infrações contra o consumidor. A instituição é investigada por supostas cobranças indevidas nas faturas de cartão de crédito. A empresa tem dez dias para apresentar defesa.

O despacho do DPDC foi publicado nesta segunda-feira, 11, no Diário Oficial da União (DOU). Segundo o Ministério da Justiça, contudo, a ação foi motivada por uma série de queixas de consumidores entre 2014 e 2015, que alegam problemas na fatura do cartão de crédito.

Segundo o Ministério da Justiça, a ação foi motivada por uma série de queixas de consumidores entre 2014 e 2015, que alegam problemas na fatura do cartão Foto: Clayton de Souza/Estadão

Segundo o órgão do governo, o banco apresentou um aumento de 48,3% no total de demandas no período, comportamento oposto ao apresentado pelas demais instituições financeiras que, em sua maioria, apresentaram redução na quantidade de atendimentos registrados nos Procons.

Segundo relatório do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumido (Sindec), o assunto mais demandado da Caixa foi justamente os cartões de crédito, com um aumento 145,4% entre 2014 e 2015. Os consumidores relataram dificuldade no contato com o banco e a lentidão do procedimento de correção dos lançamentos considerados errados.

Veja também


Enquete
O governador de MT Mauro Mendes está há menos de 2 meses no poder e tem enfrentado críticas de vários setores. Qual o seu nível de confiança no atual governo?
  • Parcial