Agora: Bom Dia Sorriso

​MT: Produtor rural executa engenheiro com 4 tiros na cabeça 

Folha Max em 18/02/2019 às 17:42. Lida 18039 vezes.

O engenheiro agrônomo, funcionário de uma empresa de suprimentos agrícolas, identificado como Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, foi morto com quatro tiros na cabeça nesta segunda-feira (18/02), na região rural de Porto dos Gaúchos (650 km de Cuiabá).

As informações preliminares são de que Silas, que trabalha como consultor de vendas da empresa Agroinsumos, teria se deslocado até a região da Gleba Mercedes para cobrar uma conta referente a uma safra 2018/2019.

Silas foi alvejado na cabeça. Essa versão será investigada. A equipe da Polícia Civil foi acionada para atender ocorrência de uma vítima de arma de fogo, no Hospital Municipal de Porto dos Gaúchos.

No local, o corpo da vítima ensanguentado foi encontrado em cima de uma caminhonete. O médico informou que realizou todos os procedimentos necessários para salvar a vítima, porém o rapaz não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Segundo uma testemunha que ajudou a socorrer Silas, o caso ocorreu por volta das 13 horas, quando a vítima e uma testemunha estavam sentados em uma mesa, na lanchonete Fogão a Lenha, da Rodoviária do povoado Novo Paraná. Sem notar a aproximação, ambos foram surpreendidos quando uma pessoa chegou por trás da vítima, sacou uma pistola e efetuou dois ou mais disparos direto na cabeça do agrônomo, que caiu no chão já sem reação.

O suspeito fugiu do local. As diligências estão sendo realizadas para localizar e prender o autor do crime, identificado inicialmente como Paulo Faruc e seria produtor rural da região.

Silas trabalhava para empresa Agroinsumos de Sinop e tinha os planos de se casar no final do ano.

Enquete


Você é contra ou a favor do pagamento de salário para presos?
Parciais