Sorriso FM 99,1

14/04/2019 10:20
Lida 1412 vezes.

Foto: Reprodução

Terra MT Digital

A policia foi informada via denúncia de que uma mulher estaria sofrendo agressões físicas por um homem, seu marido, no bairro Parque das Américas, em Lucas do Rio Verde. Chegando ao local, a guarnição constatou a veracidade dos fatos, encontrando a vítima bastante abalada em frente à sua residência. A situação teria se dado em razão a um desentendimento do casal, após o suspeito ter agredido violentamente o filho no banheiro.

Com a autorização de entrada na residência pela proprietária, a policia encontrou o acusado dentro de um quarto e ao ser questionado, ele confessou que teria realizado as agressões físicas.

Durante confecção do boletim de ocorrências, a vítima relatou que tudo começou quando o suspeito teria levado o filho deles, uma criança, para dentro do banheiro para mostrar a toalha de banho de que tinha esquecido e começou a supostamente esganar o menino de forma violenta, quando a criança falava “Para papai você está me enforcando” e começou a chamar pela mãe, por socorro. Ao perceber, a esposa pediu que ele parasse de agir daquela forma e falou para conversar com o menino ao invés de agredir.

O episódio deixou o acusado nervoso e desencadeou uma série de agressões por parte dele, após a vítima retornar ao quarto do casal e deixar o notebook dele cair no chão sem querer. Neste momento, ele começou acusando ela de querer quebrar suas coisas, pegou pelos cabelos e passou a dar golpes de chutes em várias partes de seu corpo e quebrar objetos da casa.

Após a vítima implorar que parasse, e ameaçar chamar a polícia, o acusado cessou, pegou a motocicleta e saiu da casa tomando rumo ignorado. Contudo, após alguns minutos já havia voltado para a residência novamente e a vítima seguiu temendo novos ataques.

Diante dos fatos, o acusado foi encaminhado para a sede da Delegacia Policial local para que sejam tomadas as devidas providências

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial