Sorriso FM 99,1

17/05/2019 15:02
Lida 824 vezes.

Assessoria Rota Oeste

Com mais de 100 pontos vulneráveis à exploração sexual de jovens, Mato Grosso é o segundo estado do Centro-Oeste com o maior número de trechos críticos. Os dados fazem parte de um mapeamento nacional da Polícia Rodovia Federal (PRF) e reforçam o alerta ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio. Entre os pontos considerados de alto risco estão rodovias, a exemplo da BR-163.

Diferente do abuso sexual ou da violência física, a exploração sexual nem sempre está acompanhada de atos de agressão ou atos violentos, o que pode dificultar a identificação. Ela é caracterizada pela exposição de menores à prostituição, pornografia e até tráfico nacional e internacional de crianças e adolescentes, em que há uma relação financeira e de mercado envolvendo terceiros.

18 de maio – Dia Nacional de Combate

O gerente de Operações da concessionária responsável pela BR-163, Wilson Ferreira, destaca que para o usuário da rodovia a empresa é referência no atendimento a qualquer tipo de ocorrência. No entanto, ele explica que para os casos que envolvem crimes, como o de exploração sexual, o mais adequado é acionar a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Neste final de semana, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a BR-163 contará com dicas e orientações por meio do Painel de Mensagem Variáveis (PMV).

“Não temos poder de polícia para atuar neste tipo de caso, mas a Concessionária está à disposição para prestar o apoio tanto às vítimas, quanto o usuário que quiser denunciar o crime. É importante que qualquer atitude suspeita seja analisada, pois trata-se de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade”, acrescenta Ferreira.

Ao flagrar uma situação de exploração sexual de jovens na BR-163, o usuário pode ligar para a Rota do Oeste pelo 0800 065 0163, diretamente para a PRF, ligando para o 191 ou o Disque 100. A empresa disponibiliza também de 18 bases de atendimento ao longo da rodovia para que qualquer usuário solicite apoio.

Atenção a essas atitudes

Adultos oferecendo a companhia de menores para passeios com desconhecidos

Consumo de bebidas alcoólicas por jovens com o ‘consentimento’ de adultos próximos

Estabelecimentos que permitem o livre acesso de crianças e adolescentes desacompanhados

Exposição/compartilhamento de fotos e vídeos íntimos de crianças e adolescentes

Menores pedindo carona para trechos próximos às margens da rodovia

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial