Agora: Boa Tarde na Sorriso

​Perícia confirma que ossada encontrada em poço é de mulher desaparecida há dois anos

Olhar Direto em 18/09/2019 às 15:27. Lida 1264 vezes.


A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou que a ossada humana encontrada dentro de um poço artesiano, no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá, no dia 1º deste mês, é de Kátia Oliveira Martins, 28 anos, desaparecida desde 2017, após sair de casa com o marido e o filho de apenas sete meses. O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP).


De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Kátia tinha documentação odontológica previa. O confronto feito com a arcada dentária do cadáver foi inequívoco.

Consta do relato de desaparecimento que Kátia saiu de casa juntamente com companheiro (José Correia Brito Filho) e com o filho de apenas sete meses, dizendo que iriam dormir na casa da sua sogra. Porém, depois disto, os familiares da vítima não tiveram mais notícias dela.

A mãe disse que tentou ligar várias vezes, mas não obteve êxito. No dia 19 de julho de 2017, a sogra foi até a casa da mãe de Kátia com um homem que eles não conheciam e entregou o filho da vítima, dizendo que o casal havia ido procurar uma chácara na região do Lago do Manso.

Porém, não houve mais notícias da mulher. Um inquérito foi instaurado pela DHPP, que apura o suposto crime de homicídio.

O local onde a ossada foi encontrada funciona como um clube de tiros e pista de aeromodelismo. Uma pessoa que procurava por uma aeronave no local abriu a tampa do poço e encontrou a ossada.

Agora com a localização da ossada, a Polícia Civil vai pedir o confronto de DNA para confirmar se trata da moça desaparecida e tomar as medidas cabíveis ao caso.

Enquete


Você é contra ou a favor de eleições para diretores e coordenadores de escolas públicas municipais?
Parciais