Agora: Bom Dia Sorriso

​MT : Policiais civis são presos suspeitos de extorquirem empresário

Fernando Luiz com assessoria em 16/10/2019 às 13:57. Lida 596 vezes.

Dois policiais civis foram presos suspeitos de terem extorquido um empresário em R$ 30 mil em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, a investigação começou com o recebimento de uma denúncia pela Corregedoria de que os policiais foram na empresa e teriam exigido dinheiro.

O empresário é dono de oficina e não teve o nome divulgado. Os policiais foram identificados como Leonel Virgolino Pacheco, de 41 anos e Juracy Campos de Aguiar, de 49 anos. Eles são lotados na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva).

A prisão dos policiais foi feita pela Corregedoria-Geral da instituição e pelo Grupo de Operações Especiais (GOE). Eles vão responder pelo crime de concussão (ato de exigir para si ou outrem vantagem indevida em razão da função exercida, direta ou indiretamente).

A equipe policial apurou que o empresário foi procurado por dois policiais no dia 7 de outubro e que exigiram a quantia de R$ 30 mil. Os policiais alegaram que a cabine de um veículo comprado pela empresa não teria documentos. A vítima alegou à polícia que o veículo era regularizado.

A vítima negociou com os policiais informando que somente poderia pagar R$ 5 mil, sendo R$ 3 mil no momento e o restante posteriormente.A condição foi aceita pelos policiais e ficou acertado que os servidores buscariam o restante no dia 15 de outubro.

Em horário combinado, vítima e policiais se encontraram em um posto de combustíveis em Várzea Grande, momento em que foi entregue o valor de R$ 2 mil aos policiais. As cédulas foram fotografadas pela vítima e entregues à equipe da corregedoria, que abordou os policiais próximos do bairro Santa Izabel, em Várzea Grande, logo após a entrega do dinheiro.

Com eles foram apreendidos 40 cédulas de R$ 50 que possuem a mesma numeração das notas fotografadas pela vítima.Os dois investigadores foram encaminhados a uma unidade policial e ficarão à disposição da Justiça.

Enquete


Você é contra ou a favor do pagamento de salário para presos?
Parciais